Whatsapp (41) 3356-1113 (41) 99951-0276 | (41) 3356-1113

Cascata de Pedras para Piscina: Saiba quais Tipos de Pedra usar, Como ela Funciona e Muito Mais

14 outubro, 2020

Quem nunca pensou em ter uma piscina com cascata de pedras naturais na sua própria casa? Provavelmente todo mundo que já assistiu o programa “Piscinas Incríveis” alguma vez, ou quem se interessa por decoração e paisagismo e acompanha revistas e sites do segmento.

A cascata para piscina é um elemento muito utilizado por profissionais da arquitetura, decoração e paisagismo, pois é capaz de transformar por completo um espaço. Você pode encontrar diversos modelos de cascata, contudo, os que mais chamam atenção são as de pedras naturais, por serem imponentes, sofisticadas e ao mesmo tempo orgânicas.

Por isso, no post de hoje vamos falar um pouco mais sobre elas, para você se animar ainda mais em fazer a sua. Confira também os modelos que separamos para servir de inspiração para você.

Quais as Melhores Pedras

Uma grande vantagem das cascatas de pedras para piscinas, é que elas ajudam a oxigenar e facilitar o tratamento da água, além de absorver o calor do sol e deixar a temperatura dela mais agradável, criando um ambiente mais relaxante.

Elas podem ser construídas com diversos tipos de pedras (naturais ou artificiais), com tamanhos e formatos variados como: blocos grandes, chapas, retalhos ou pedaços de pedras com corte manual, filetes grossos e seixos variados, principalmente os maiores, como estes mostrados abaixo, no estilo pedra envelhecida:

Fonte: Pedras Ouro e Prata

Como Funciona

Você pode fazer a instalação da cascata já no projeto inicial da piscina, ou instalar depois, porém, essa opção dá muito mais trabalho. Para entender como elas funcionam, você precisa compreender o processo necessário para o fluxo da água, que é basicamente o seguinte:

  • A água da piscina é coletada através de um filtro por uma motobomba;
  • Assim que você abre o registro, a água da piscina é conduzida pela tubulação até chegar a cascata;
  • O efeito que ela terá na cascata, será de acordo com o modelo de queda d’água que você escolheu;
  • Essa água que sai por ela, é coletada por um filtro e, com a ajuda de uma motobomba, retorna para piscina por uma tubulação;
  • Você pode ligar e desligar o acionamento da cascata sempre que quiser.

Como Montar

Para a montagem da sua cascata, você primeiro precisa escolher as pedras da sua preferência, logo após isso, você já pode começar a empilhá-las, das maiores para as menores. Neste momento, você já precisa ter em mente como você quer que seja o design da cachoeira e como a água deve passar pelas pedras. Com isso em mente, você já pode projetar o sistema de circulação da água embutido nas pedras. Para fixá-las, você pode usar argamassa.

Uma boa opção para o paisagismo, é decorar os vãos entre as pedras com plantas como bromélias, por exemplo. Isso vai deixar sua cascata com um ar mais rústico, lembrando uma cachoeira natural. Você também pode usar luzes artificiais ou pinos de luz solar, para deixar esse ambiente ainda mais aconchegante.

Modelos

Os modelos de cascata podem variar muito, indo desde grandes pedras empilhadas até os formatos em que elas aparecem em como revestimento. Uma das vantagens do revestimento de pedra, é que ele ajuda a proteger a parte de concreto de possíveis infiltrações e outros problemas.

Você também pode fazer um mix com as duas opções, fazendo uma parede revestida em pedra e a outra, por onde cai a água, fazer uma queda d’água com pedras reais empilhadas. Confira a seguir algumas inspirações que separamos para vocês:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vemos acima, que não somente a cascata da piscina é feita de pedras, como também todo o piso ao redor dela.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No modelo acima, além das pedras utilizadas para a cascata, o piso também é feito de pedras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acima, vemos um estilo de cascata mais moderna, em que foram usados filetes de pedras e pedras com corte manual, para dar o toque especial.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nesta opção, vemos claramente que além da cascata, o piso ao redor da piscina foi feito com retalhos de pedras, para dar mais unidade ao ambiente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já na opção acima, vemos que o piso é mais geométrico, provavelmente feito com pedras serradas, que permitem um corte mais preciso, assim como o piso da foto abaixo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na opção acima, além das pedras que formam a cascata, foram usados retalhos de pedras para o acabamento da parede, o que complementou o ambiente com muito charme.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Imagens: Reprodução//PINTEREST)

Acima, vemos novamente os filetes de pedras colocados na parede para formar a cascata.

Agora que você já sabe como funciona uma cascata de pedras para piscina e já tem muitas inspirações, que tal criar a sua? Entre em contato conosco pois podemos te ajudar com esse sonho.

E aproveite para compartilhar esse conteúdo com aquela pessoa que você sabe que também está querendo uma cascata!

×