Whatsapp (41) 3356-1113 (41) 99951-0276 | (41) 3356-1113

Jardim de Inverno

9 setembro, 2020

Já faz algum tempo que a decoração residencial tem ganhado mais espaço e atenção. Atualmente, as pessoas têm vidas corridas entre trabalho, faculdade, filhos, etc. O pouco tempo que se passa em casa tem que ser agradável e acolhedor, como um refúgio para os dias estressantes.

Por isso, ter um espaço como o Jardim de inverno na sua casa, é uma excelente ideia para ter um cantinho para relaxar e estar em contato com a natureza. Para quem gosta de decoração, isso certamente não é nenhuma novidade, inclusive, costuma ser um sonho de consumo para essas pessoas.

No post de hoje, você vai entender melhor o que é o Jardim de inverno, quais são os tipos e como montar o seu. Se você faz parte do time que gosta de ter uma área verde em casa, mas não tem um quintal grande para um jardim, essa é a sua chance. Continue a leitura do texto para saber mais.

O que é Jardim de inverno?

O Jardim de inverno pode ser considerado um cômodo da casa, mas que geralmente, possui uma abertura externa ou é coberto por vidro, para permitir a entrada de luz natural no ambiente.

Quando ele é aberto, o ideal é que tenha uma proteção, como uma grade, por exemplo, para que fique mais seguro. As paredes de um jardim de inverno costumam ser de vidro, não somente para permitir a entrada de luz como também para criar uma harmonia com o ambiente verde e o interior da casa.

O jardim de inverno é feito com plantas que precisam ser resistentes ao tempo, pois ficarão expostas ao sol, vento e chuva, no caso dos que forem totalmente abertos. O ideal é que essas plantas também sejam sazonais, ou seja, durem o ano todo.
Essa tendência de Jardim de inverno ainda é pouco conhecida no Brasil, mas é bastante comum no exterior. Os norte-americanos, inclusive, usam esses espaços para ter ar puro e contato com a natureza durante o inverno.

Como montar?

Ter um jardim de inverno em casa é ideal para quem não tem muito espaço interno, mas quer ter uma área verde para não perder o contato com a natureza. Para montar o seu você pode aproveitar diversos espaços como vãos debaixo de escadas e até sacadas de apartamento, por exemplo.

Apesar de ele ser feito, em geral, mais próximo à sala, não há uma regra para isso e ele pode ser feito em qualquer ambiente da sua casa, contanto que tenha luz e circulação de ar o suficiente para as plantas ficarem sempre bonitas e felizes. Confira a seguir um passo a passo para você montar o seu:

  • A primeira dica é tentar fazer o seu jardim de inverno descoberto ou com um teto de vidro, para que as plantas possam receber iluminação suficiente para ficarem lindas e saudáveis. Outra opção para quem não pode fazer ele totalmente aberto, é usar claraboias, que além de ajudar na iluminação natural, ainda deixa o espaço mais elegante.
  • Se você prefere que o seu jardim de inverno fique separado do restante do ambiente, pode usar divisórias ou paredes de vidro, ou até portas de vidro para isso. Além de darem um destaque para ele, ainda vai deixar a sua casa mais iluminada.
  • No caso das portas, você ainda vai poder entrar no seu jardim sempre que quiser.
    A iluminação é essencial para esse ambiente. Você pode usar arandelas, que ficam lindas e charmosas nas paredes. Outra opção são os postes de luz elétrica, ou refletores de luz solar, que acendem quando escurece sem precisar de energia elétrica. Essa opção é perfeita para os jardins que recebem bastante sol durante o dia.
  • Você também pode colocar móveis no seu jardim, fica lindo e aconchegante. Nesse caso, escolha materiais resistentes ao tempo (sol, chuva, etc). Você também pode incrementar almofadas, cadeiras e poltronas, contanto que seja tudo impermeável, no caso dos jardins abertos.
  • Para a escolha das plantas, é importante dar preferência àquelas se adaptam melhor aos ambientes internos, como a babosa de pau, palmeira-areca, lírios da paz, pau d’água, palmeira chamaedórea, singônio, jiboia, filo dentro cascata, begônia, zamioculca, pleomele, mini cactos, suculentas, entre outras espécies. Se você for comprar em um lugar especializado, é legal pedir ajuda para quem trabalha lá e falar que as plantas serão para um jardim de inverno.
  • Não se esqueça de se atentar para os cuidados de cada tipo de planta, que precisam de manutenções diferenciadas, como quantidade de água, adubo, poda, retirada de folhas mortas, etc.

Quais são os Tipos?

Como mencionamos aqui, os jardins de inverno podem ser de diferentes tipos, de acordo com o seu gosto pessoal e espaço disponível. Confira a seguir, alguns tipos com exemplos e inspirações para você criar o seu:

Aberto — Sem paredes

Esse tipo de jardim de inverno pode ser coberto ou não. O que o define como aberto é o fato de não ter paredes, e ser integrado com o ambiente, sem nenhuma separação entre o cômodo e o jardim. Caso ele seja coberto, preste atenção ao escolher as plantas, pois, algumas espécies precisam da luz solar para sobreviver.

Aqui, se você observar com atenção, irá notar que nos vasos de plantas, foi usado o seixo grafite, que deu um acabamento especial. Ele também pode ser usado para revestir canteiros, bastante comuns em jardins de inverno.

Reprodução//PINTEREST

Aberto — Sem cobertura

Já essa opção, é perfeita para se cultivar plantas que necessitam de luz solar. Por não ter cobertura, ele fica exposto à chuva e à iluminação natural, assim as plantas podem se desenvolvem da maneira que precisam. Neste caso, as laterais costumam ser fechadas com paredes ou portas de vidro, para evitar que a chuva molhe o cômodo.

Reprodução//PINTEREST

Nesta opção, podemos ver que foi utilizado o mini seixo ouro, uma excelente opção de pedra para a decoração de jardins de inverno.

Reprodução//PINTEREST

Nesta opção mais imponente, foram usados seixos grandes, que são pedras envelhecidas que complementam jardins de inverno que possuem um espaço mais amplo.

Reprodução//PINTEREST

Uma excelente opção se o seu jardim de inverno vai ter uma circulação constante de pessoas, é usar os pisantes em granito, disponíveis em diferentes tamanhos. No exemplo acima, ele foi complementado com grama natural, o que garantiu um ar mais despojado e aconchegante.

Reprodução//PINTEREST

Nesta opção, podemos ver como a parede revestida com Filetes de Pedra deu um destaque ao jardim de inverno. Sem ela, certamente ele não teria o mesmo charme!

Em pequenos espaços

Não ter muito espaço não é desculpa para ficar sem o seu tão sonhado jardim de inverno. É possível fazê-lo de forma vertical, de forma que ocupem o mínimo de espaço possível, mas garantam uma área verde e deixem o ambiente com um toque especial.

Hall de entrada

Reprodução//PINTEREST

É bastante comum usar o Seixo Dolomítico Branco nos jardins de inverno que são integrados a algum cômodo da casa. Eles dão um acabamento mais sofisticado e também ficam lindos quando usados em vasos de plantas.

Sacada

Reprodução//PINTEREST

Sala

Reprodução//PINTEREST

Cozinha

Reprodução//PINTEREST

Ao fundo desse lindo jardim de inverno integrado com a cozinha, podemos ver uma parede revestida com pedras, que poderiam muito bem ser Filetes de pedra Madeira Ouro Natural, que ficariam perfeitas para complementar as folhagens mais imponentes.

Quarto

Reprodução//PINTEREST

Uma ótima opção para manter um visual mais clean e minimalista para o seu jardim de inverno, é usar Pedriscos Brancos, na foto podemos ver como fica lindo o resultado.

Embaixo da escada

Reprodução//PINTEREST

Para quem não gosta dos pedriscos menores, pedras como o Seixo Rolado ficam muito elegantes quando complementados com outros elementos mais encorpados, como vasos de plantas maiores.

Agora que você já sabe como criar o seu, quais as plantas, dicas e inspirações, que tal colocar a mão na massa e começar a planejar o seu? Compartilhe esse post com aquela pessoa que você sabe que ama decoração e, vai te ajudar a montar o seu jardim de inverno.

Se você precisa de ajuda para saber quais os melhores tipos de pedras para o seu ambiente, entre em contato conosco!

×